Política

Você é de esquerda ou de direita?

Todos sabemos que a união faz a força. Que em qualquer circunstância, formar grupos, é a melhor forma de conseguir algo. E quanto maior o grupo, melhor.

Sabendo disso, a mais obvia e a mais antiga e por incrível que pareça, uma das mais eficientes estratégias de guerra é justamente DIVIDIR PRA CONQUISTAR. A estratégia (praticada inclusive por alguns predadores, como o leão, por exemplo) consiste em disseminar grupos grandes em grupos menores, sucessivamente, até que eles não possam se sustentar. Enfraquecendo-os e perdendo a guerra.

O cenário político hoje no brasil, apresenta-se em estado de alerta. A guerra entre partidos no poder, seus apoiadores e partidos de oposição parece clara. As vezes temos até algumas cenas de agressão física no plenário. É natural que a população, acompanhe a tendencia e apoie ou reprove as ideias, ficando desta forma, dividido também.

Nos últimos anos, talvez grande parte por culpa da internet, das redes sociais e da velocidade com que as noticias se propagam e a facilidade de cada um de publicar sua própria opinião, a população está dividida. De um lado a extrema esquerda, com suas teorias de apoio à classe trabalhadora, de socialismo, as vezes comunismo. De que o governo deve deter o maior poder em mãos e ao mesmo tempo distribuir as riquezas entre a população. De que a classe social deve ser uma só. Não deveria existir rico ou pobre, não deveria existir diferença na educação. Que a liberdade de ação deve prevalecer desde que seja bom pra população. Do outro lado a extrema direita, com seu conservadorismo e centralizando o poder. Que leis mais severas e punições mais duras devem existir para os que cometem crimes.

Toda esta divisão faz com que diariamente, bilhões de mensagens sejam postadas na internet, xingamentos, ofensas, etc. Quando estamos nas ruas não é diferente. Agressão física, destruição de patrimônio e bombas e mais bombas na população.

Agora o que quase ninguém sabe é que, enquanto a população está se atacando, está entre tapas e pauladas no meio da rua, os políticos estão juntos, jantando em lugares caríssimos, fazendo acordos milionários com empresas privadas, desviando bilhões de reais dos cofres públicos.

Coincidência? Claro que não. A guerra que deveria existir hoje, não é entre a esquerda e direita, e sim entre o povo e eles.

Enquanto ficarmos separados e perdendo tempo com questões e ideologias políticas, eles estão la, gastando nosso dinheiro.

Mas qual seria a saída?

O Brasil é um país riquíssimo. Temos um território rico em minerais, terras férteis, clima propício ao cultivo de inúmeros alimentos. Pessoas inteligentes e preparadas para buscar novas tecnologias, entre outras coisas.

Um segundo ponto, talvez de importância maior ou igual as outras: Pare de querer levar vantagem em tudo! O brasileiro tem fama, não por acaso, de ser o malandro, de dar nó em pingo dágua. Somos criativos para sabotarmos o sistema. Até serviços simples que funcionam no mundo todo, como o UBER, por exemplo, no Brasil os motoristas dão um jeitinho de ganhar mais, mesmo que isso signifique prejudicar a qualidade do serviço (falarei sobre isso em um momento mais oportuno).

Fora deixarmos essa divisão de lado, pelo menos por um tempo, afinal você não é obrigado a abandonar todas as suas ideologias políticas de uma hora pra outra. Mas nos UNIRMOS e irmos às ruas, sempre, exigindo melhorias. Com respeito. Sem quebra quebra. Com o rosto descoberto.

Devemos neste momento tão importante da nossa história, exigir mudanças, apoiar as operações da Polícia Federal e principalmente, jamais, confiar em uma palavra que dizem.

Talvez em um futuro, podemos voltar a nos dividir e protestar pacificamente sobre as ideologias da esquerda ou direita, mas por hora, não vamos fazer dos partidos políticos, time de futebol.

Que tal exigirmos mudanças, nos unirmos e deixarmos de querer levar vantagem em tudo?

Comentários
Subir